Canchim da Rainha e sua História

Desde de meados de 1990 o casal Vitoria e Waldir, iniciaram os trabalhos de pesquisa e cria da Raça Canchim com uma remessa de 50 novilhas canchim puras de 08 meses de idade sem registro definitivo, que foram adquiridas em um leilão no município de Itu-SP.

A compra deu-se em razão dos referidos animais até então desconhecidos de raça por eles, se sobressaírem na pista do leilão comparativamente aos demais animais a venda. O que mais chamava atenção era sem dúvida alguma a sua coloração bege, estrutura corporal, homogeneidade e docilidade no manejo local.

Dois anos depois começaram curtir as novilhas já formadas, prenhas e começando a parir maravilhosos bezerros mesmo que cruzados com touros das raças Tabapuã e nelore. Com o passar dos anos, encantados com os resultados obtidos vem a intenção de criar animais P.O. e ai iniciam uma avaliação de todas as raças e chegam a conclusão que deveriam mesmo investir no Gado Canchim.

Os principais fatores que levaram o casal a decidir pela raça Canchim foram a existência da Associação Brasileira dos Criadores de Canchim, dos trabalhos de desenvolvimento da raça efetuados pela Embrapa e Esalq, que buscam incansavelmente o melhoramento genético dos animais assim como oferecem total apoio aos canchinzeiros.

Em 12 de junho de 1998, dia dos namorados o casal participa de uma leilão Canchim P.O. na Embrapa - São Carlos e Waldir presenteia Vitoria com o primeiro casal Canchim P.O. de apenas 10 meses de idade que foram apelidados carinhosamente de Branca e Menino.

men2

No ano seguinte são adquiridas 30 matrizes de genética de ponta junto a Embrapa e conceituados criadores da raça. Atualmente possuem um plantel muito respeitado e continuam investindo incansavelmente na melhoria genética do rebanho, passando a fornecer para o mercado reprodutores e matrizes de ponta.

A escolha do sufixo " RAINHA" é uma homenagem a Vitoria pela sua brilhante carreira nas passarelas do Brasil como Miss.

 

  bannerb

  Site Map